terça-feira, 21 de maio de 2019

A admiração que devoto a Benjamim Santos é a mesma que a minha geração devota à Anitta ou a Wesley Safadão

Por *Diego Mendes Sousa
No momento em que Benjamim Santos faz o lançamento do seu Teatro Infantil, em refinada edição da Fundação Nacional de Artes (FUNARTE), sou tomado por orgulho, por uma intensa felicidade, maior que o merecido prestígio desfrutado por Benjamim.
Conquista de anos e anos, obra de uma vida, celebração de uma carreira gloriosa e vasta marcada pela inteligência e pelo deslumbramento.
Benjamim Santos é um gênio, artista raro e de competência numinosa, que atravessará o tempo enlaçado pela história de um escritor único, poeta e dramaturgo, memorialista e biógrafo dos santos, que vive na alma heroica da
linguagem.

Publicação no Jornal O Globo - Rio de Janeiro
Seu universo é a tradição, envolto na cultura popular, de onde retira a música e os elementos preciosos da sua literatura.
*Diego é advogado, poeta, escritor, indigenista... 
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.