quarta-feira, 15 de maio de 2019

LULA CONCEDE NOVA ENTREVISTA, AGORA AO JORNALISTA GLENN GREENWALD

Editor do The Intercept esteve nesta quarta na prisão em Curitiba, onde teve uma "discussão abrangente sobre Bolsonaro, a ascensão da direita nacionalista, os problemas da esquerda, Trump, Venezuela e muito mais" com o ex-presidente, conforme anunciou no Twitter; Greenwald demonstrou seu estranhamento pelo fato de o Judiciário não ter deixado Lula ser entrevistado durante 2018, mas agora que a eleição passou, "de repente" permitir
Por Brasil 247

O ex-presidente Lula concedeu nesta quarta-feira 15 sua terceira entrevista depois que o Supremo Tribunal Federal permitiu que elas fossem concedidas. O jornalista estadunidense Glenn Greenwald, editor do The Intercept, esteve na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula está preso, e teve com ele uma "discussão abrangente sobre Bolsonaro, a ascensão da direita nacionalista, os problemas da esquerda, Trump, Venezuela e muito mais", conforme anunciou no Twitter. "Acabei de entrevistar o ex-presidente do Brasil Lula em sua prisão em Curitiba. Foi uma discussão abrangente sobre Bolsonaro, a ascensão da direita nacionalista, os problemas da esquerda, Trump, Venezuela e muito mais. Irá ao ar em português e inglês em breve", anunciou Greenwald.
"O que quer que se pense sobre Lula e suas alegações de corrupção - e nada está claro sobre isso - ele é um dos poucos líderes mundiais a vencer e governar com grande popularidade usando o populismo de esquerda. Vale muito a pena ouvi-lo sobre as mudanças políticas globais contemporâneas", postou ainda o jornalista.
Greenwald também demonstrou seu estranhamento, nas redes sociais, com o fato de o Judiciário não ter deixado Lula ser entrevistado por nenhum veículo de imprensa ao longo de 2018, durante a disputa presidencial, em que ele liderava as pesquisas, mas agora com o passar da eleição, "de repente" permitir. A negativa foi decidida pelo ministro Luiz Fux, do STF, e confirmada pelo presidente da Corte, Dias Toffoli.
"Um aspecto revelador de nossa entrevista com Lula: no @TheInterceptBr, nós pedimos durante um ano inteiro durante a eleição de 2018 e até entramos com uma ação pelo direito de fazê-lo [a entrevista], mas o Judiciário recusou. Agora que a eleição acabou, de repente eles estão nos autorizando e alguns outros. Estranho", disse o editor do Intercept.
I just finished interviewing Brazil's ex-President Lula in his prison in Curitiba. It was a wide-ranging discussion about Bolsonaro, the rise of the nationalistic Right, the Left's problems, Trump, Venezuela & much more. Will air in Portuguese & English shortly at @theintercept:
Fonte: Brasil 247 
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.