sexta-feira, 7 de junho de 2019

Caminhada da Fraternidade promove solidariedade em Teresina

O evento começa às 7h, com uma missa ao lado da Igreja São Benedito, com a largada oficial marcada para as 8h
Por Yuri Ribeiro
No próximo domingo (09), mobilizada em prol da solidariedade, a comunidade de Teresina se reúne para mais uma edição da Caminhada da Fraternidade. A iniciativa é organizada pela Arquidiocese de Teresina, por meio da Ação Social Arquidiocesana (ASA), e traz como tema “Abraço: nosso laço com o outro”. O evento tem inicio a partir das 7h, com a Santa Missa, ao lado da Igreja São Benedito, com a largada oficial marcada para as 8h. 
O tema para a Caminhada propõe uma discussão sobre formas de conectar-se com o próximo e ajuda os menos favorecidos. De acordo com Ricardo Lima, voluntário que integra a coordenação geral do evento, as temáticas são sempre escolhidas entre assuntos recorrentes e dos quais a sociedade precisa se mobilizar. Para essa edição, “Abraço: nosso laço com o outro”, é uma referência à mensagem feita pelo Papa Francisco, no Dia Mundial do Pobre. 
“A Caminhada quer fazer eco a exatamente isso, um clamor as pessoas excluídas, pessoas que as vezes não tem nem como gritar, um eco a esses gritos das pessoas escondidas, mas que Deus escuta e escuta através de nós. Quando a gente fala de abraço, é falando que as vezes estamos numa rotina
estressante e que vamos ficando surdo às vozes de quem precisa. O abraço entra como um gesto de amor, um amor enquanto atitude, o agir”, comenta. 
Os kits para participar da Caminhada custam R$ 25 e podem ser adquiridos em diversos postos de venda, como bazar da Paróquia de Fátima, Rádio Pioneira, Centro Paulo VI e demais as paróquias da Arquidiocese. Os recursos obtidos com a venda desses kits são destinados a instituições sociais. 
“A gente consegue atingir o coração das pessoas. É preciso uma dimensão maior do que representar esse kit de 25,00”, acrescenta Rodrigo. A Caminhada irá repetir o mesmo percurso de 2018, partindo da Igreja São Benedito, passando pela Avenida Frei Serafim até a Ponte Juscelino Kubitschek. Em seguida, os participantes seguirão no sentido da alça da direita para ter acesso à Avenida Raul Lopes, dirigindo-se até a Ponte Estaiada, onde acontecerá a benção final e shows de bandas locais. 
Fonte: portalodia.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.