sábado, 8 de junho de 2019

O Escritor parnaibano, Diego Mendes Sousa concorre à vaga da Cadeira XXXIII da Academia de Letras do Brasil

Na sucessão de Cyl Gallindo, cuja patronesse é Dinah Silveira de Queiroz, autora de A Muralha e a segunda mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras (ABL).
O quadro social da Casa é composto por notáveis da cultura nacional como Anderson Braga Horta, Sânzio de Azevedo, Ministro Bernardo Cabral, Cláudio Murilo Leal, Antonio Carlos Secchin, Danilo Gomes, Fabio de Sousa Coutinho, Vera Lúcia de Oliveira, Aglaia Souza, Márcio Catunda, Lina Tâmega Peixoto, Edmílson Caminha, Clauder Arcanjo, João Carlos Taveira, Fábio Lucas, Afonso Ligório Pires de Carvalho, Salomão Sousa, Alaor Barbosa, Alan Viggiano, José Jeronymo Rivera, Eugenio Giovenardi, Maria Luiza Ervilha, dentre outros nomes de relevo.
No passado próximo, a Academia de Letras do Brasil abrigou Lêdo Ivo, Hernâni Donato, Hélio Pólvora, Jorge Medauar, Caio Porfírio Carneiro, Fernando Mendes Vianna, Almeida Fisher, Nilto Maciel e Luiz Manzolillo.
Sediada em Brasília, na Capital Federal, a Academia de Letras do Brasil é presidida pelo filósofo Flavio Rene Kothe.
Fonte: WhatsApp do Diego
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.