sábado, 27 de julho de 2019

Manhã deste sábado 27 no Instituto Histórico da Parnaíba

Por volta das 10: 00 horas encontrei na solidão do outrora, “Sobrado de Dona Auta”, o presidente, Reginaldo Júnio.
Por Mário Pires Santana
A matutar sobre os parcos recursos disponíveis para manter o prédio aberto e em pé. Eis uma Missão inglória! 
Ainda bem, que o Presidente celebrou um convênio proveitoso, com o PRONATEC. Onde duas turmas de estudantes revezam-se na organização, limpeza, catalogação e pesquisa, acompanhados sempre, de uma professora. 
Ao conversar com Reginaldo, entra de surpresa, um casal de jovens estudantes, com suas robustas, mochilas nas costas. São eles: Pedro Carvalho – Capinas-SP – Relações Internacionais. Ravine Nunes – Teresina – Arquiteta. Percorreram toda a grandeza do Sobrado.
No momento em que Reginaldo convidou o casal para conhecer o andar de cima, solicitei um papel para anotar os dados dos nobres turistas. Então percebi que lá embaixo da folha, havia uma pequena relação de “material necessário para a limpeza e a reorganização do IHGGP”. Eis a pequenez, da dita cuja, mas para quem não tem recursos, ela é grande, SIM:
01 - Peça de fio 10 para instalação elétrica 
10 - Tábuas para as prateleiras de paredes 
10 – Lâmpadas de 9V 
E agora? Só Deus sabe, como. A ver
Fotos do Editor, com exceção desta última
Edição: Mário Pires Santana 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.