terça-feira, 22 de outubro de 2019

Caixa antecipa datas para saque de R$ 500 do FGTS; veja novo calendário

A Caixa Econômica Federal divulgou nesta segunda-feira (21/10) um novo calendário para os saques de R$ 500 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os não correntistas do banco. 
Do Notícias
Com a mudança, todo os trabalhadores poderão realizar saque ainda em 2019. Anteriormente, os nascidos entre julho e dezembro só fariam saque em 2020. Já o saque aniversário só inicia em abril do próximo ano.
NOVAS DATAS PARA SAQUES DE NÃO CORRENTISTAS DA CAIXA
aniversário em janeiro: saque a partir de 18/10/2019
aniversário em fevereiro e março: saque a partir de 25/10/2019
aniversário em abril e maio: saque a partir de 08/11/2019
aniversário em junho e julho: saque a partir de 22/11/2019
aniversário em agosto: saque a partir de 29/11/2019
aniversário em setembro e outubro: saque a partir de 6/12/2019
aniversário em novembro e dezembro: saque a partir de 18/12/2019
Mesmo com a antecipação do calendário, a data limite para o saque continua sendo 31 de março de 2020. Depois desta data, os valores não sacados retornam às contas do FGTS.
62,5 milhões e pessoas, que não correntistas, que poderão sacar em torno de R$ 25 bilhões. Os saques para essa categoria iniciaram na última sexta-feira (18).
CANAIS DE ATENDIMENTO PARA SAQUE
Lotéricas
​Até R$ 100,00: Documento de identificação válido + número do CPF.
Até R$ 500,00: Documento de identificação válido + número do CPF + Senha do cidadão
Autoatendimento
​​Até R$ 500,00: Número do CPF + Senha do cidadão.
Agência Caixa
Até R$ 500,00​: Documento de identificação válido.
Correspondentes
​Até R$ 500,00: número do CPF + Cartão Cidadão + Senha do Cartão. 
QUEM TEM DIREITO
Quem tiver dúvidas sobre valores e direito ao saque pode fazer a consulta pelo aplicativo FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site fgts.caixa.gov.br e pelo telefone de atendimento exclusivo, disponível 24 horas: 0800 724 2019.
TRANSFERÊNCIA PARA OUTROS BANCOS
Nos saques feitos na agência, a Caixa informou que não cobrará tarifa quando o trabalhador optar por transferir o valor do Saque Imediato para outras instituições financeiras.
Fonte: 180graus.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.