sábado, 19 de outubro de 2019

O Dia do Piauí

Embora muitos não aceitem, 19 de Outubro é a data magna da história piauiense. É o Dia do Piauí --- o dia da grande epopeia parnaibana! 
Por *Mário Pires Santana

Foi o deputado José Auto de Abreu que, em 1937 a 30 de Agosto apresentou à Assembléia Legislativa um projeto de lei considerando 19 de Outubro o Dia do Piauí. 
Diz a lei nº 176, sancionada: 
Artigo 1º --- 19 de Outubro será feriado estadual. 
Artigo 2º --- Nesta data anualmente serão promovidas comemorações cívicas nos estabelecimentos de ensino e nos centros culturais do Estado com a colaboração do governo. 
Artigo 3º--- revogam-se as disposições em contrário. Publique-se e cumpra-se como lei do Estado. Afrísio Lobão Veras Filho --- governador em exercício. 
Aí está a lei! Por que não aceitá-la? Devemos torná-la lembrada por todos, pois foi nas plagas parnaibanas que se registrou o grande evento. Aqui começou o movimento pioneiro; espalhou-se a fagulha da independência do Brasil que, célere percorria todas as Capitanias. Tanto é que antes de chegar a notícia do feito do Ipiranga, já na Vila de São João da Parnaíba os patriotas antecipavam o gigantesco movimento naquela memorável manhã de sol ardente de 1822. Todo o movimento foi elaborado com ardor e entusiasmo na “Casa Grande da Parnaíba”, onde os planos de libertação foram forjados sob a liderança de Simplício Dias da Silva: de ação calma, enérgica e refletida, eminentemente combativa, com o apoio tenaz de João Cândido de Deus e Silva, o propagandista inflamado da libertação. Outro vulto do movimento foi Leonardo de Carvalho Castelo Branco, alma coração e dínamo da revolução. O pugilo de bravos, ali, no Largo da Matriz, que é a legendária Praça da Graça, dá o grito de independência e aclama o senhor Dom Pedro, príncipe regente, como Defensor Perpétuo do Brasil, entre as mais vivas e ruidosas manifestações dos populares que ali se postavam. Na casa da Câmara, hoje Edifício dos Correios, foi lavrada a ata dos acontecimentos. Desta maneira, o 19 de Outubro tornou-se um dia de glória. Entre outros vultos que formaram a plêiade libertadora destacaram-se o capitão Domingos Dias da Silva, o escrivão Ângelo da Costa Rosal, e o tenente Joaquim Timóteo de Brito. 
O 19 de Outubro foi de fato o dia da Proclamação da Independência do Brasil no Piauí. A partir deste dia as tropas portuguesas sediadas em Oeiras deslocaram-se para Parnaíba, sob o comando de João José da Cunha Fidié para combater os Revoltosos. 
Por que negar a veracidade dos fatos? O 19 de Outubro é mesmo o “Dia do Piauí”!! 
*Caros leitores, este belo, texto foi escrito pela saudosa professora Maria da Penha no ano de 1982 nas páginas do Almanaque da Parnaíba. 
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.