quarta-feira, 27 de novembro de 2019

“O Rio Poti é o retrato do descaso com o meio ambiente”, diz deputada

Teresa Britto propôs uma audiência com as secretarias estatual e municipal de Meio Ambiente e com a Águas de Teresina para tratar da situação do rio.
A deputada Teresa Britto (PV) propôs audiência para discutir a situação do Rio Poti - Foto: O Dia
Durante audiência pública realizada ontem (26), na Assembleia Legislativa do Piauí, para discutir a presença de aguapés e a poluição no Rio Poti, autoridades e ambientalistas expuseram a situação, bem como os mecanismos para amenizar a poluição do Rio.
A proponente da audiência pública, deputada Teresa Britto (PV), destaca que o principal problema existente no rio é a questão do esgoto. “Infelizmente, várias ligações clandestinas despejam o esgoto diretamente nas galerias pluviais sem qualquer tratamento. Essas galerias jogam tudo para o Rio Poti, que está agonizando com tanta sujeira. Precisamos ampliar a fiscalização e aplicar multas a quem comete esse crime”, diz.
O ambientalista Deocleciano Guedes comenta que “o Rio Poti é o retrato do descaso do Piauí com o meio ambiente. Precisamos unir forças. Trata-se de um trabalho a médio ou até a longo prazo. A poluição do rio não vai ser sanada de uma hora para outra, mas é um trabalho mais que urgente em nosso Estado”.
Dentre os encaminhamentos da audiência estão a coordenação, por parte das secretarias estadual e municipal de Meio Ambiente e da empresa Águas de Teresina, de um plano emergencial para retirada dos aguapés do Rio Poti; entrega de uma cópia da audiência para o Ministério Público e todas as autoridades responsáveis; e a ampliação da fiscalização, bem como aplicação da multa, às ligações clandestinas de esgoto.
Fonte: portalodia.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.