terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Leia com atenção, Mário, essa seria uma Carta de Nosso Senhor sobre o Natal:

Por *Elza Maria Franco Soares
Querido Mário, meu aniversário se aproxima novamente.
No ano passado fizeram uma grande festa para mim e tenho a impressão que este ano, poderá ser maior ainda.
Afinal de contas, são compras que há meses estão fazendo e espero poder ver todas as famílias reunidas, inclusive a sua.
Apesar de todo o sofrimento que passei durante o ano, é agradável saber que nesta data, as famílias estão em paz.
Outrora, todos compreendiam e agradeciam tudo que Eu fiz por toda a humanidade, mas hoje em dia, tenho a impressão de que a maioria das pessoas quase não sabem por que celebram o "Natal", você não acha?
Todos os anos o Meu Sagrado Coração bate fortemente devido a todas as festividades, mas pode acreditar, poucas famílias realmente me convidam. A grande parte esqueceram-se completamente de mim!
Mesmo assim, eu resolvi entrar em cada lar, achar um canto e ali ficar estagnado, todos se divertiam, conversavam e aproveitavam bastante.
De repente chegou um homem vestido de vermelho, com uma barba branca.
Quando as crianças o viram, se aproximaram emocionadíssimas e dizendo: "Papai Noel!" Como se ele fosse o homenageado e toda a festa seria para vós.
Não pude aguentar, fui embora.
Ao caminhar pela rua me senti triste. O que fere o meu Coração é ver que poucas famílias se lembram de me presentear ou me agradecer.
Você não acharia estranho que ao chegar seu aniversário seus amigos e familiares dessem presentes aos outros e não para você? Acontece comigo todo ano!
E quando digo "presente", não me refiro a um bem material, mas sim seus corações.
Ficaria feliz de nascer todos os dias no coração dos meus amigos e ali fazer morada. Para ajudá-los em cada dia, somente assim saberiam o que sinto por todos.
Chegando essa data, as pessoas só pensam em compras, festas e férias e Eu de forma alguma participo disto.
A grande maioria gasta fortunas para agradar os outros e de nada fazem para Me agradar.
Por isso, peço que me deixe entrar no seu coração. Durante vários anos estou tentando entrar, mas até hoje não me deixaste.
"Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir a minha voz e me abrir a porta, entrarei em sua casa e cearemos."
Confia em mim, abandone-se em mim. Este será o melhor presente que poderá me dar.
Obrigado!
Seu amigo,
Sagrado Coração de Jesus.
E você, Mário, irá deixar Nosso Senhor fazer parte do seu Natal e entrar em seu Coração?
Veja aqui uma forma de você incluí-lo na sua vida!
Lhe recomendo a fazer isso antes do Natal, Ele ficará contente por você ter se lembrado dEle.
*Elza Maria Franco Soares
Vice-presidente da Associação
Apostolado do Sagrado Coração de Jesus

Edição: Mário Pires Santana 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.