sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Meteorologia prevê chuvas para a virada do ano no Piauí

As chuvas devem chegar na virada do ano e persistir nos meses de janeiro e fevereiro.
Por Otávio Neto
Climatologista Werton Costa afirma que as chuvas devem chegar na virada do ano e persistir nos meses de janeiro e fevereiro (Foto: Elias Fontineli / O DIA)
As altas temperaturas que predominaram durante todo o mês dezembro no Piauí devem cessar nos últimos dias de 2019. A previsão meteorológica é que a virada do ano dos piauienses seja com temperaturas mais amenas e até possibilidade de chuvas em boa parte das cidades do estado. 
Há 10 dias que já deveria ter começado a chover. O fenômeno Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), contudo, tem bloqueado a chegada das chuvas. Em algumas regiões, como a microrregião de Picos, e no Vale do Longá, o VCAN começou a se dissipar e as precipitações já iniciaram. A expectativa é que até dia 31 as pancadas se iniciem na região norte. 
“Estamos sobre a ação de um bloqueio que segurou a chuva por praticamente 10 dias e que está se desfazendo. Tão logo esse bloqueio se desfaça a chuva vai começar a se manifestar. Já começou, inclusive, em São Pedro. No médio Parnaíba está começando e deve atingir a faixa sertaneja do Piauí”, explica o climatologista Werton Costa. 
Para os meses de janeiro e fevereiro, o Instituo Nacional de Meteorologia (INMET) aponta que é esperado grandes quantidades de chuvas para todo o Piauí. Werton Costa pontua que em algumas regiões do estado as precipitações podem ficar acima da média devido a chegada da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). 
B-R-O-BRÓ mais quente
O climatologista revela que os números do INMET comprovaram que o B-R-O-BRÓ deste ano foi mais quente que os níveis registrados no ano passado. 
“Já está confirmado através de medidas oficiais do INMET que esse B-R-Ó-BRÓ foi sem dúvida mais quente que o anterior. A variação de temperatura oscilou entre 0,5° e 1,5°. Isso é muita coisa. Se você computar, por exemplo, que a temperatura máxima de Uruçuí seja 38°. Acrescente 1,5°, e com a sensação térmica de umidade, isso pode subir além dos 40°”, comenta. 
Para as altas temperaturas registradas em dezembro, a explicação é a baixa cobertura de nuvens, pouca chuva e grande intensidade de radiação. O Instituto Nacional de Meteorologia aguarda o fim do mês de dezembro para analisar os índices dos anos anteriores. Esse pode ter sido o mês de dezembro mais quente dos últimos cinco anos. 
Fonte: portalodia.com
Grifos do Editor
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.