sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Bolsonaro ataca jornalista e insulta todos os japoneses que vivem no Brasil

Bolsonaro insulta japoneses. (Foto: Abr | Jovem Pan)
Em discurso no Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro se referiu à brasileira Thaís Oyama, autora de livro que revela bastidores do Planalto: "a nossa imprensa tem medo da verdade. Deturpam o tempo todo. Mentem descaradamente. Trabalham contra a democracia, como o livro dessa japonesa, que eu não sei o que faz no Brasil". Como milhões de brasileiros, Thaís é descendente de japoneses.
Por Brasil 247

Em discurso no Palácio do Planalto, tomado pela tensão provocada pelo escândalo da Secom, Jair Bolsonaro mandou a imprensa “tomar vergonha na cara” e emendou: "a nossa imprensa tem medo da verdade. 
Deturpam o tempo todo. Mentem descaradamente. Trabalham contra a democracia, como o livro dessa japonesa, que eu não sei o que faz no Brasil.”
Bolsonaro ainda disse: “Essa imprensa que está me olhando, não tomarei nenhum medida para censurá-los, mas tomem vergonha na cara. Deixem nosso
governo em paz, para levar harmonia ao nosso povo.”
Ele criticou o livro de Thaís Oyama, “Tormenta — o governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos”, que conta os podres do primeiro ano de governo.
Leia mais
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247
Fonte: Brasil 247
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.