segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

'Fortalecimento da direita favorece candidaturas', diz cientista político

Segundo ele, a pressão por renovação dos quadros políticos e o fortalecimento dos partidos mais à direita são alguns dos fatores que explicam o fenômeno.
Por Natanael Souza
'Fortalecimento da direita favorece candidaturas', diz cientista político. (Foto: Arquivo O Dia)
Na avaliação do cientista político Vitor Sandes, doutor em Ciência Política, o crescimento do número de policiais candidatos é um processo que vem sendo construído ao longo dos últimos anos. Segundo ele, a pressão por renovação dos quadros políticos e o fortalecimento dos partidos mais à direita são alguns dos fatores que explicam o fenômeno. 
“As corporações policiais se identificam com pautas que têm possuído ressonância na sociedade brasileira, como a violência, a criminalidade e o combate à corrupção. Em grande medida, isso justifica o crescimento do número de candidaturas de policiais. Além disso, o nosso sistema eleitoral incentiva candidaturas centradas no candidato e não no partido, por ser um sistema eleitoral de lista aberta, ou seja, o eleitor tende a votar em candidatos e não em partidos. Isso é evidenciado pela pequena quantidade de votos de legenda em relação aos votos em candidatos”, explica. 
Ainda de acordo com o cientista político, o presidente da República Jair Bolsonaro foi um dos principais beneficiados com o cenário de crescimento das candidaturas de policiais. 
“O crescimento das candidaturas de policiais não dependeu, necessariamente, do fenômeno Bolsonaro, mas o fenômeno Bolsonaro foi muito mais consequência da demanda por candidaturas com defesa pelas pautas citadas. Como um processo que se retroalimenta, o fenômeno Bolsonaro também pode levar novos policiais a serem candidatos”, destaca o especialista. 
“O PSL, um partido bastante identificado aos policiais e com grande potencial para financiar candidatos, por ter o maior Fundo Partidário dentre todos os partidos do país, por exemplo, pode ser um espaço maior a este tipo de candidatura”, completa Vitor Sandes. 
Fonte: portalodia.com
Grifos do Editor
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.