sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Presidente da OAB sobre Alvim: na Alemanha ele estaria preso

Felipe Santa Cruz e Roberto Alvim (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - YouTube/Reprodução)
Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, se manifestou nesta terça-feira (17) sobre o vídeo publicado pelo ex-secretário de Cultura Roberto Alvim, dizendo que se fosse "na Alemanha ele estaria preso". Santa Cruz também responsabilizou Jair Bolsonaro: "não é de hoje que o próprio presidente tem um histórico de defesa do autoritarismo".
Por Brasil 247

Em entrevista à BBC News Brasil nesta sexta-feira (17), o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, disse que "todos os limites foram ultrapassados", em referência ao vídeo de inspiração nazista gravado pelo ex-secretário de Cultura de Jair Bolsonaro, Roberto Alvim.
"Na Alemanha ele estaria preso. Lá o Código Penal proíbe esse tipo de referência", disse Santa Cruz. "O episódio tem que ser lido, por pior que pareça, dentro de uma escalada de lideranças do governo brasileiro de idealização do autoritarismo. Não é de hoje que o próprio presidente tem um histórico de defesa do autoritarismo, da ditadura no Brasil", afirmou o presidente da OAB.
"O episódio tem que ser lido, por pior que pareça, dentro de uma escalada de lideranças do governo brasileiro de idealização do autoritarismo. Não é de hoje que o próprio presidente tem um histórico de defesa do autoritarismo, da
ditadura no Brasil", afirmou o presidente da OAB.
Entenda: 
O secretário nacional de Cultura, Roberto Alvim, copiou o ideário nazista ao propor uma nova arte para o Brasil. Reproduzindo fala de Joseph Goebbels, ideólogo da propaganda de Adolf Hitler, ele propôs uma nova arte para o Brasil. 
"A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada", disse Alvim.
Leia mais
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247
Fonte: Brasil247
Edição; Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.