sábado, 18 de janeiro de 2020

W. Dias autoriza licitação de PPP do Hotel Serra da Capivara

O governador Wellington Dias assinou, nessa quinta-feira (17), no município de São Raimundo Nonato, a autorização do processo licitatório para concorrência da concessão de uso do Complexo Hoteleiro Serra da Capivara.
Na Política
Que prevê a reforma, ampliação, construção, modernização, exploração, operação e manutenção do empreendimento, antigo Hotel Rimo. O prazo para execução do projeto para o investidor que ganhar a licitação é de dois anos, sendo a concessão de 35 anos.
De acordo com Wellington, a parceria público-privada (PPP) de concessão deve aumentar para 80 o número de leitos com a reforma e requalificação no sentido de transformar o Hotel Serra da Capivara em uma estrutura moderna para receber turistas estrangeiros e nacionais que buscam turismo diferenciado, além daqueles que se dirigem à região para realização de negócios.
“O espaço deve contar com atrativos para lazer, serviços e turismo, como spa, salão de jogos, café bar, espaço para lojas, centro de segurança e videomonitoramento, parque aquático, auditório e instalações facilitadoras para realização de eventos e convenções, que podem impulsionar sua inserção no turismo de negócios, induzindo a utilização plena de todo o hotel, em qualquer época do ano”, comentou Dias.
A superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura, explicou que a obra deve ocorrer em duas etapas: a requalificação da estrutura já existente e a construção de uma nova. “Agora, inicia-se o chamamento público para que os investidores demostrem interesse. 
A KPMG também vai ajudar na divulgação deste edital fora do país para os investidores. É um investimento de aproximadamente R$ 50 milhões para a construção de um novo hotel com padrão internacional, atendendo a demanda principalmente dos turistas europeus. A expectativa é que, até o fim de março, ocorra o processo licitatório”, comentou a gestora.
Para o secretário de Estado do Turismo, Flávio Nogueira Junior, com a reforma do Hotel Serra da Capivara, toda a cidade ganhará. “O município passa a ter um receptivo melhor, permitindo que o turista possa passar mais dias, se acomode com mais qualidade, volte mais vezes e também indique o local”, disse o gestor.
Projeto Vila Turística da Serra da Capivara
Ainda na visita à região, o governador, equipe técnica do governo e diretores do grupo KPMG, um dos maiores de consultoria do mundo, visitaram locais com possibilidade de abrigar o Projeto Vila Turística da Serra da Capivara. Uma iniciativa arrojada que busca investidores para alavancar o turismo na área da serra.
De acordo com Viviane Moura, assim que definido o local, o projeto deve ser apresentado para investidores de todo o mundo, também com o apoio da KPMG. “Estamos fazendo sua composição. 
Serão iniciados os diálogos com os investidores para que desenvolvam futuros contratos, sejam hotéis, restaurantes, empresas especializadas em resíduos sólidos, dentre outras, que terão interesse em se instalar na Vila Turística da Serra da Capivara, que tem como principal atrativo o Parque Nacional da Serra da Capivara. Começamos o processo de planejamento, onde haverá um plano diretor de turismo, que deve estar pronto em abril, para que, assim, possamos fazer a prospecção de mercado e o chamamento público de investidores”, comentou a superintendente.
O sócio-líder de Governo e Infraestrutura (G&I) – Brasil e América Latina da KPMG, Maurício Endo, está muito animado com o projeto por acreditar na sua viabilidade. 
“Vamos aguardar a definição do local e verificar se tem os requisitos necessários de desembaraço, condições de espaço para implantação da vila turística. Nosso papel é a análise e diagnóstico da área. Colocar na linguagem do mercado para que os investidores consigam entender o potencial de estar investido na região”, explicou o consultor.
Os prefeitos da região estão otimistas com as mudanças que estão por vir no turismo da região e se colocaram à disposição para contribuir com o Governo do Estado e com os investidores que vierem se instalar nos municípios.
Fonte: 180graus.com
Grifos do Editor
Informações do Governo do Piauí
Edição: Mário Pires Santana

Um comentário:

  1. Tomara que dê certo. Trata-se de um projeto que vai inserir o Piauí mais fortemente nas rotas nacionais e internacionais. No mais, é tentar consolidar pelo menos dois pousos semanais de aviação com outras conexões dentro do Brasil.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.