domingo, 2 de fevereiro de 2020

Greve dos petroleiros avança e já paralisa 12 refinarias e 4 terminais

A greve dos petroleiros, que teve início na madrugada de sábado (1), avança e já atinge de 12 unidades de refino.
Do *Blog do Esmael
Que estão sem rendição nos turnos e de 04 terminais da Transpetro, subsidiária da Petrobrás que também está sob risco de privatização e de demissões massivas.
Na Bacia de Campos, 12 plataformas já aderiram à orientação do sindicato de realizar levantamento de pendências de segurança, efetivo e se houve embarque de equipes de contingência a bordo.
Na Fafen-PR, os trabalhadores seguem ocupando a unidade há 13 dias para impedir o seu fechamento e as mil demissões anunciadas pela gestão da Petrobrás para ter início no próximo dia 14.
A greve dos petroleiros é pela suspensão das demissões na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados do Paraná (Fafen), pela retomada do processo de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) com a Petrobras e contra o projeto de privatização da estatal do governo Bolsonaro.
Nesta segunda-feira (3), mobilizações dos trabalhadores do Sistema Patrobras foram convocadas em todo país.
Refinarias em greve:
Refinaria Alberto Pasqualini, no Rio Grande do Sul (Refap) – desde as 07h de 01/02
Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco (Rnest) – desde a zero hora de 01/02
Fábrica de Lubrificantes do Nordeste, no Ceará (Lubnor) – desde a zero hora 01/02
Refinaria Duque de Caxias, no Rio de Janeiro (Reduc) – desde a zero hora 01/02
Refinaria Presidente Getúlio Vargas, no Paraná (Repar) – desde a zero hora 01/02
Fábrica de Xisto, no Paraná (SIX) – desde a zero hora 01/02
Refinaria de Paulínia, em São Paulo (Replan) – desde a zero hora 01/02
Refinaria de Capuava, em Mauá/São Paulo (Recap) – desde a zero hora 01/02
Refinaria Landulpho Alves, na Bahia (Rlam) – desde a zero hora 01/02
Refinaria de Manaus, no Amazonas (Reman) – desde a zero hora 01/02
Refinaria Gabriel Passos, em Minas Gerais (Regap) – desde a zero hora 01/02
Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados, no Paraná (FafenPR/Ansa) – ocupação desde o dia 28/01
Terminais na greve
Terminal Madre de Deus, na Bahia – desde as 07h de 01/02
Terminal Aquaviário de Suape, em Pernambuco – desde a zero hora de 01/02
Terminal de Paranaguá, no Paraná (Tepar) – desde a zero hora 01/02
Terminal de São Francisco do Sul, em Santa Catarina (Tefran) – desde a zero hora 01/02
*Com informações da FUP
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.