quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Guedes pede desculpas a domésticas e diz que críticas “semeiam discórdia”

‘A mãe do meu pai foi empregada doméstica, qual o problema de fazer uma referência como essa?’, acrescentou o ministro.
O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu desculpas a empregadas domésticas que possam ter se ofendido com sua fala sobre idas à Disney, o que rendeu ao ministro uma enxurrada de críticas.
Mesmo assim, Guedes acrescentou, em um evento nesta quinta-feira 20, que a fala tinha sido “tirada de contexto” e que continuava a não ver problemas no que foi dito: “A mãe do meu pai foi empregada doméstica, qual o problema de fazer uma referência como essa?”, falou.
“Eu peço desculpas se tiver ofendido”, declarou rapidamente em uma cerimônia no Palácio do Planalto, onde voltou seu discurso para a defesa de uma economia para todos.
Depois, justificou novamente a fala explicando que os preços do dólar estavam “empurrando a população em direções equivocadas” e fazendo com que as pessoas não visitassem as praias do Nordeste, por exemplo. Para Guedes, porém, quem criticou sua fala contra as domésticas está “semeando discórdia”
entre a população e o Governo.
No último dia 12, Guedes mencionou que o dólar alto era estratégico para o Brasil, e que, em tempos que a moeda se aproximava do R$ 1,80, empregadas domésticas iam “quatro vezes” aos parques da Disney. “Uma festa danada”, fala o ministro em um vídeo, em que critica a alegada atitude dos brasileiros de não visitarem outras localidades pelo País.
Fonte: CartaCapital
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.