domingo, 29 de março de 2020

Entregadores de comida por aplicativos relatam preocupação com roubos de motos

Todos os dias Parnaíba tem ao menos duas motos roubadas.
Por Calixto Dias
Parnaíba está sendo tomada por uma onda de assaltos. Uma vítima que teve seu celular roubado não pôde fazer o boletim de ocorrência. Segundo ela o atendente disse que por causa da quarentena foram suspensos os boletins de roubos pequenos e solicitou que a vítima prestasse sua queixa na delegacia virtual, e que lá ela poderia fazer o boletim de ocorrência. Só que as vítimas nos informou que não funciona e que nunca conseguiu registrar seu boletim e com isso perdeu seu celular e as esperanças de poder achá-lo.
Os entregadores de comida por aplicativos relatam assaltos frequentes na cidade. A preocupação aumentou, quando o número de pedidos depois de decretado quarentena está sendo maior. Apesar dos relatos das vítimas, não há um levantamento sobre os crimes na cidade. O que se sabe é o que vemos nas redes sociais. Como o Comércio e os restaurantes estão fechados, os parnaibanos fazem suas compras por meio de aplicativos, com isso os assaltos tornaram-se maiores.
O comandante da polícia em Parnaíba Tenente Coronel Pacífico nos informou que a Polícia Militar está ciente da situação e que estão levantando informações para tentar prender os assaltantes. "Intensificaremos também operações em horários e locais específicos visando aumentar a sensação de segurança dos entregadores e da população. O comandante ressaltou ainda que outros problemas afligem a nossa cidade como as enchentes, a quarentena por causa da COVID-19 que são ações que precisam da ajuda da polícia. "Estamos totalmente empenhados na redução dos índices criminais, principalmente, quanto à roubo de motos, por meio de operações constantes, tais como colocando viaturas nas áreas de maiores índices", disse a nossa reportagem.
É grande o número de reclamações de entregadores que tem suas motos roubadas praticamente, de duas a três todo dia. Desde quando começou a quarentena. Os moto boys apelam para as redes sociais divulgando videos e fotos do assalto. “Entreguei a encomenda e, quando estava indo embora, os ladrões colocaram a arma na minha cabeça. Pensei que iam me matar e entreguei a moto. Na hora, você perde tudo, perde força e perde coragem. Estou em pânico, sinto medo de andar na rua", afirmou uma vítima.
Eles andam sempre em dois numa moto. Rendem o entregador, levam celular e dinheiro da vítima, tudo muito rápido veja no vídeo a ação dos ladrões:

Fonte: portalodia.com
Com Informações da internet
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.