sexta-feira, 6 de março de 2020

Maia critica economia e diz que ataques do governo ao Legislativo têm “método”

Durante seminário na Fundação FHC, ao lado do ex-presidente, o presidente da Câmara declarou que “vivemos um momento difícil” e que os ataques de Bolsonaro ao Congresso não se dão por “desconfiança” do governo, mas por “método”.
Por Brasil 247

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez duras críticas ao governo de Jair Bolsonaro nesta sexta-feira 6 durante seminário no Instituto FHC. Ao lado do ex-presidente tucano, ele criticou a situação econômica e disse que os ataques do governo ao Legislativo têm "método".
“Vivemos um momento difícil”, disse Maia. Para ele, os ataques de Bolsonaro ao Congresso não se dão por “desconfiança” do governo, mas por “método”. “Desde o início o governo tem uma estratégia nas redes sociais de - o governo que eu digo é o entorno do governo, as redes sociais que o governo influencia - tem operado de forma a criar as instituições muitas vezes como inimigas da sociedade, o que não é verdade", disse.
Sobre a economia, Maia disse que o governo "prometeu muito e ainda não entregou". "O governo tinha uma previsão de crescimento de 2,5% [do Produto Interno Bruto em 2019] e cresceu 1,1%. Nós entendemos a posição do governo neste momento, mas estamos aqui para ajudar", afirmou.
“Falei com o Davi, e ele vai propor uma reunião da equipe econômica com o Congresso para ver o tamanho da crise e o que, em conjunto, aqueles que têm cabeça racional dentro do governo podem falar com a Câmara e o Senado”, acrescentou
Fonte: Brasil 247
Grifos do Editor
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.