sexta-feira, 10 de abril de 2020

Brasil tem 960 mortes e 18,1 mil casos de covid-19, dizem secretarias

São mais 19 mortes em relação ao último balanço do Ministério da Saúde
CORONAVÍRUS LEVA CIDADES A INAUGURAREM HOSPITAIS DE CAMPANHA, COMO EM RECIFE. FOTO/ANDREA RÊGO BARROS/PREFEITURA DE RECIFE
O Brasil contabiliza 960 mortes por coronavírus e 18.176 infecções, segundo atualização de secretarias estaduais de saúde nesta sexta-feira 10, informa o portal G1. São 19 óbitos e 319 contaminações a mais que o registrado no último balanço do Ministério da Saúde, que informou 941 falecimentos e 17.857 pacientes na quinta-feira 9.
São Paulo segue na frente nos números de letalidade, com 496 mortes e 7.480 infecções. Apesar do crescimento dos óbitos, o estado tem apresentado queda no cumprimento das recomendações de isolamento social. A falta de adesão da população ao distanciamento levou o governador João Doria (PSDB) a alertar que pode passar a dar voz de prisão a quem desobedecer as orientações.
 Leia também:
Em segundo lugar, o Rio de Janeiro tem 122 mortes e 2.216 casos de coronavírus. A doença já provocou mortes em comunidades cariocas, como Rocinha, Manguinhos, Maré e Vigário Geral. A presença da doença nas favelas causa preocupação pela precariedade e pela alta aglomeração. Porém, na mesma tendência que os paulistanos, a capital fluminense também demonstra maior índice de circulação nas ruas.
O Ceará, em terceira posição, tem 57 mortes e 1.445 contaminados, 2 óbitos e 20 casos a mais que o dia anterior, quando o Ministério da Saúde informou 55 falecimentos e 1.425 pacientes.
A doença está presente em todos os estados e no Distrito Federal. No país, a taxa de letalidade é de 5,3%. O Tocantins é a única unidade federativa sem mortes.
Fonte: CartaCapital
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.