terça-feira, 21 de abril de 2020

Com baixo estoque no Hemopi, W. Dias faz apelo à população após doar sangue

O Hemopi continua precisando de bolsas e adotou o sistema de agendamento nesse período de isolamento social.
Do *Blog Geral
O governador Wellington Dias esteve na manhã desta terça-feira (21) visitando o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi). Na oportunidade, o chefe do executivo estadual também fez doação de sangue. 
Desde o início da pandemia do coronavírus, o Hemopi apresentou uma queda nas doações de sangue. Algumas campanhas foram realizadas para levar piauienses de forma segura aos centros de Teresina, Parnaíba, Picos e Floriano.
“Hoje eu vim ao Hemopi doar sangue, esse gesto tem a ver com esse momento do coronavírus, o momento em que muitas pessoas deixaram de doar e isso terminou dando uma baixa nos estoques de sangue. 
Faço um pedido a todos vocês: doem sangue, conversem com seus amigos e familiares. É um gesto que salva vidas e nós temos profissionais habilitados no Hemopi para fazer isso com total segurança para sua saúde e para a saúde de outras pessoas”, disse o governador Wellington Dias.
Segundo o diretor do Hemopi, Jurandir Martins, desde o último mês de março quando começou o surto da pandemia do coronavírus houve uma
redução em termos de doadores de sangue em todo país e no Piauí. 
“Aqui no Hemopi, ativamos um plano de contingência que é uma série de ações no intuito de recuperar essa perda. Já estamos conseguindo elevar nossos números de doações graças ao espirito solidário do povo piauiense”, disse o diretor.
Ainda segundo Jurandir, várias estratégias foram elaboradas com o objetivo de fazer essa recuperação em estoque de bolsas de sangue. “Uma delas foi o agendamento da doação, tanto em Teresina quanto no interior do Estado em que o candidato pode ligar ou mandar uma mensagem para agendar dia e horário de melhor conveniência para ele”, explicou Jurandir Martins.
Todo o funcionamento do Hemopi é regido por notas técnicas do Ministério da Saúde. Jurandir Martins esclarece ainda que os candidatos que viajaram por um período de 14 dias tiveram sintomas de gripe comum e covid-19 estão inaptos à doação por um período de 90 dias. “É importante dizer que não há registro de transmissão do coronavírus através de transfusão de sangue e nem se adquire vindo doar sangue”, concluiu.
Em Teresina, as doações podem ser agendadas por meio do telefone (86) 9 8894-6614. Nos Hemocentros Regionais de Picos (89 3421-0704), Parnaíba (86 9 8894-7159) e Floriano (89 9 8801-1984 ) as doações também podem ser agendadas para evitar aglomerações e garantir mais segurança para quem sai de casa para doar sangue.
Veja os requisitos básicos para ser doador de sangue:
– Estar em boas condições de saúde;
– Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos podem imprimir o termo de consentimento no site www.hemopi.pi.gov.br);
– Pesar acima de 50kg;
– Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
– Não estar em jejum. Evite alimentos gordurosos 4h antes da doação;
– Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial.
Fonte: *180graus.com
Grifos do Editor
Com informações da CCom
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.