sexta-feira, 3 de abril de 2020

Instituições do Ser Educacional produzem mais de 500L de álcool

Fabricação foi para suprir carência do item e aconteceu em todo o país.
Por Mário Victor Tavares - Assessoria de Comunicação 
Produção aconteceu em diversas Instituições do Grupo
Assim que os primeiros casos do novo coronavírus surgiram no Brasil, muitas pessoas correram para as farmácias e supermercados à procura do álcool gel, fazendo com que o produto acabasse na maioria dos estabelecimentos. Pensando em suprir essa carência, as Instituições de Ensino do Ser Educacional – UNINASSAU, UNINABUCO, UNAMA, UNIVERTIAS, UNG e UNINORTE –, por meio dos seus cursos de Farmácia, produziram mais de 500L do item.
A fabricação se deu nos diversos laboratórios das IES, equipados com os melhores equipamentos da área, e visou abastecer, de forma gratuita, os colaboradores e algumas comunidades próximas das unidades, para que eles não precisassem comprar álcool gel, diminuindo a procura nos estabelecimentos e deixando mais do produto para a população.
Segundo o presidente do Ser Educacional, Jânyo Diniz, essa é uma das ações que a companhia tem proporcionado como ajuda no combate ao Covid-19. “Num momento como esse, temos que unir forças com o poder público em prol da vida. 
Estamos pensando constantemente em como podemos ajudar mais e a produção de álcool gel para nossos colaboradores foi uma das ações mais importantes”, declarou.
Higienização
A farmacêutica e responsável técnica pela Clínica-Escola de Análises Clínicas da UNG, Giliane Freire Nascimento, lembra que o sabão, por ser uma substância que quebra a gordura, consegue destruir o envelope viral (parte externa do Covid-19) composta justamente por gordura com mais eficiência. 
Segundo ela, nessa camada estão inseridas as proteínas, responsáveis pela ligação do vírus com as células. Sem essa camada de gordura, as proteínas são perdidas e o vírus não consegue entrar nas células. “O álcool 70% tem o mesmo efeito, pois desestabiliza e desidrata tanto as proteínas como os lipídios (gorduras). O álcool é um bom complemento para a higienização”, explicou.
Grifos do Editor
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.