quinta-feira, 16 de abril de 2020

Secretaria de Saúde confirma mais de 100 casos de Covid-19 no Piauí

Boletim da Secretaria de Saúde aponta que doença está em 12 municípios, total de confirmações chega a 102.
Por Redação 
Hospital universitário passará a receber pacientes com Covid-19Foto: Divulgação
Nesta quinta-feira (16) o Piauí chegou a 102 casos confirmados de Coronavírus. São 11 novos casos, sendo um de Demerval Lobão, outro de Inhuma e o restante de Teresina. As informações são do boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SESAPI) divulgado às 19h30 de hoje. Dos casos positivos, 5 são mulheres e 6 homens, com idades que variam de 22 a 55 anos.
Com isso, 12 municípios do Piauí passam a ter casos confirmados de Covid-19, são eles Altos (01), Bonfim do Piauí (01), Campo Maior (01), Caracol (01), Demerval Lobão (01), Inhuma (01), Parnaíba (01), Picos (01), Pimenteiras (01), Piracuruca (04), São José do Divino (03) e Teresina (86).
O número de casos descartados subiu de 1.737 para 1.801, o de altas médicas saiu de 5 para 48 em apenas 24h. As unidades hospitalares do Estado possuem 106 internados.
COVID-19 no Brasil
Subiu para 30.425 o número de casos confirmados de coronavírus no Brasil. Nas últimas 24 horas, as secretarias estaduais de saúde notificaram ao Ministério da Saúde 2.105 novos casos. O número de mortes também subiu, agora são 1.924 óbitos por COVID-19. Ainda nesta quinta-feira, Luiz Henrique Mandetta foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro e substituído na sequência porelo oncologista e empresário Nelson Teich.
O que é coronavírus
Os coronavírus são uma grande família de vírus que podem causar doenças em animais e em humanos. Em humanos, sabe-se que vários coronavírus causam infecções respiratórias que variam do resfriado comum a doenças mais graves, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença de coronavírus COVID-19.
O que é o COVID-19
COVID-19 é a doença infecciosa causada pelo coronavírus descoberto mais recentemente. Este novo vírus e doença eram desconhecidos antes do início do surto em Wuhan, China, em dezembro de 2019.
Como se proteger do coronavírus
- Lavar as mãos frequentemente por 20 segundos com água e sabão ou higienizá-las com álcool em gel;
- Cobrir o nariz e a boca com um lenço ou o cotovelo ao tossir e espirrar;
- Evitar contato próximo (um metro de distância) com pessoas que não estejam bem;
- Ficar em casa e se isolar das outras pessoas que moram com você caso apresente os sintomas da doença.
Sintomas do COVID-19
Os sintomas mais comuns do COVID-19 são febre, cansaço e tosse seca. Alguns pacientes podem ter dores, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta, diarreia, perda do olfato e paladar. Esses sintomas geralmente são leves e começam gradualmente. Algumas pessoas são infectadas, mas não desenvolvem sintomas e não se sentem mal.
A maioria das pessoas (cerca de 80%) se recupera da doença sem precisar de tratamento especial. Cerca de 1 em cada 6 pessoas que recebe COVID-19 fica gravemente doente e desenvolve dificuldade em respirar.
As pessoas idosas e as que têm problemas médicos subjacentes, como pressão alta, problemas cardíacos ou diabetes, têm maior probabilidade de desenvolver doenças graves.
Pessoas com febre, tosse e dificuldade em respirar devem procurar atendimento médico.
Quem é do grupo de risco
Idosos e pessoas com condições médicas pré-existentes (como pressão alta, doenças cardíacas, doenças pulmonares, câncer ou diabetes) parecem desenvolver doenças graves com mais frequência do que outros.
Fonte: Piauí Hoje
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.