sexta-feira, 17 de abril de 2020

Teresina registra piores índices de isolamento social do mês de abril

Nos últimos dias, Teresina viu disparar o número de casos confirmados do novo coronavírus, que agora é 85 e oito mortes
Por Jorge Machado
Linha do tempo da Taxa de Isolamento Social em Teresina. Foto: Reprodução PMT.
Apenas metade dos teresinenses (50%) permanecerem em isolamento social nesta quinta-feira (16), segundo dados divulgados pela Prefeitura de Teresina. O índice está entre os menores do mês de abril, quando o percentual mínimo recomendado é de 73% da população. Nos últimos dias, Teresina viu disparar o número de casos confirmados do novo coronavírus, que agora é 85 e oito mortes.
A taxa de isolamento social em Teresina caiu de 62% no domingo (12) para 48% na segunda-feira (13). Na terça-feira desta semana, o percentual subiu para 52% e voltou a cair na quarta-feira (15) para 48% e, ontem, quinta-feira (16) registrou 50%. Os dados são contabilizados através de um aplicativo que monitora a localização de mais de 220 mil celulares distribuídos em todas as zonas da Capital.
A Câmara Municipal aprovou nesta semana um projeto de lei assinado pelo prefeito Firmino Filho que previa a antecipação do feriado do aniversário de Teresina, comemorado no dia 16 de agosto, para esta sexta-feira (17), como uma forma de elevar o índice de isolamento social durante o feriado.
Firmino também decretou ponto facultativo para a próxima segunda-feira (20), data que antecede o feriado de Tiradentes – comemorado no dia 21 de abril. Conforme a prefeitura, todas as medidas pretendem evitar a circulação de pessoas na cidade para conter a transmissão do novo coronavírus.
“O vírus já está circulando de forma comunitária em Teresina, chegando a todas as regiões da cidade, ao mesmo tempo em que os índices de isolamento social estão caindo. Precisamos adotar medidas para fazer a população ficar em casa”, disse Firmino.
Como os índices são monitorados?
Os índices são monitorados através de um sistema de georeferenciamento da startup recifense InLoco. O aplicativo avalia os índices através de uma identificação de quando as pessoas de uma determinada região se afastam mais de 450 metros de suas residências.
Fonte: portalodia.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.