quarta-feira, 27 de maio de 2020

Bolsonaro teme que Carlos seja o próximo alvo do inquérito das fake news

(Foto: Divulgação)
Após a operação da Polícia Federal que atingiu importantes aliados, Bolsonaro relatou a aliados o temor de que seu filho Carlos Bolsonaro seja o próximo alvo de uma operação do inquérito do STF. Para a PF, Carlos é o chefe do esquema de disseminação de fake news do Planalto.
Por Brasil
 
A operação da Polícia Federal contra deputados, empresários e ativistas bolsonaristas nesta quarta-feira, 27, no inquérito das fake news do Supremo Tribunal Federal deixou Jair Bolsonaro preocupado. 
Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, Bolsonaro relatou a aliados o temor de que seu filho Carlos Bolsonaro seja o próximo alvo de uma operação do inquérito do STF. "Na visão do presidente, na manhã desta quarta-feira (27) ocorreu justamente o que vinha lhe dando preocupação desde o fim de semana: uma ação que atingisse seus aliados", diz a Folha. 
Carlos Bolsonaro é apontado pela Polícia Federal como chefe do esquema de disseminação de notícias falsas e ataques a autoridades do STF e do Congresso. 
Bolsonaro e auxiliares próximos avaliam que a operação deflagrada nesta quarta é uma retaliação aos ataques feitos ao Supremo pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante a reunião ministerial em 22 de abril.
Em reunião ministerial extraordinária na tarde desta quarta-feira, Bolsonaro discute reações à ação da PF. Entre as alternativas está a recusa do ministro Abraham Weintraub de depor sobre os ataques.
Fonte: Brasil 247
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.