terça-feira, 26 de maio de 2020

Parnaíba: ‘Devemos temer Deus, não ‘porra’ de vírus’, diz Mão Santa

O prefeito Mão Santa já deu outras demonstrações públicas de desrespeito às orientações da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde do Brasil.
Da Redação
Em vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito de Parnaíba, Francisco de Assis Moraes Sousa, o Mão Santa, aparece em visita ao mercado público do Caramuru, localizado na Avenida Pinheiro Machado, em Parnaíba.
No vídeo, de pouco mais de 50 segundos, o prefeito aparece usando máscara de modo errado e caminha na companhia de assessores pelo mercado, enquanto conversa com feirantes. No momento da visita, o mercado público parece ter poucos feirantes e clientes. É possível ver corredores vazio e bancas já cobertas com lonas.
O prefeito parabeniza os feirantes que estão trabalhando e diz que não se deve temer o coronavírus, mas sim a Deus. “Parabéns! Estão trabalhando. Temos que temer é a Deus não é ‘porra’ [sic] de vírus não. Temer é a
Deus, né?” O áudio do vídeo é prejudicado pelo barulho do vento e pela música ambiente que toca no mercado no momento da visita, e por isso não é possível compreender a resposta dos feirantes.
O prefeito Mão Santa já deu outras demonstrações públicas de desrespeito às orientações da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde do Brasil. O município de Parnaíba também deixou de seguir decretos de antecipação de feriados, propostos pelo governo do Estado. O prefeito também já tentou reabrir o comércio do município em duas ocasiões, mas foi proibido pela Justiça.
Até o fechamento desta matéria, o Painel Epidemiológico Covid-19 Piauí contabilizava 248 casos de Covid-19, na cidade de Parnaíba. Seis mortes já foram registradas no município. O Hospital Regional Dirceu Arcoverde, único hospital do município que possui leitos de UTI destinados ao atendimento de pacientes com a Covid-19, possui 18 leitos de UTI, dos quais 10 estão ocupados.
Fonte: portalodia.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.